quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

 George Jahraa - Abrabo


[Reggae Obscuro]

Label: Kox Production
Format: Vinyl, LP
Country: Ghana
Genre: Reggae, Folk, World, & Country
Style: African 

A1 - Joyce
A2 - Abrabo
A3 - Abofra Pa
B1 - Haka Dunia
B2 - Onyame Ye Odo
B3 - Owuo Nhyeda


segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

O'Dili - Change The System


[Reggae Obscuro]

Label: Don't Stop Music
Format: Vinyl, Album, LP
Country: Nigeria 
Released: 1979 
Genre: Reggae, Funk / Soul 
Style: Psychedelic, Reggae 

A1 - O.A.U.
A2 - Good Morning Africa
A3 - I And I
A4 - Change The System
B1 - Come Down
B2 - Passover
B3 - Count Down

Senha - jeff


quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

The Ice Cream - Everlasting Love


[Reggae Obscuro]

Label: EMI
Format: Vinyl, LP, Album 
Country: Nigeria 
Released: 1980
Genre: Reggae, Funk / Soul
Style: Boogie, Disco, Funk, Reggae 

A1 - Your Love Is My Guide
A2 - Everlasting Love
A3 - I'll Sing All Over The Land
B1 - I'll Always Love You
B2 - Ice Cream Funk
B3 - My Sweet Baby


Sonny Okosun - Fire In Soweto


[Reggae Obscuro]

Label: EMI
Format: Vinyl, LP, Album 
Country: Nigeria 
Released: 1978
Genre: Jazz, Reggae, Folk, World, & Country 
Style: Reggae, African, Highlife, Afrobeat

A1 - Fire In Soweto
A2 - Liberation 
B1 - Steady and Siow
B2 - Revolution Stop

Senha - sonny


sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

V.A - United Reggae Volume 1


Label: Magnet
Format: Vinyl, LP, Copilation
Country: UK
Genre: Reggae 

A1 - Tropic Shadow - Anniversary
A2 - Dennis Brown - Let Love In
A3 - Al Campbell - It Wouldnt Be Fair
A4 - Barrington Spence - Diana
A5 - Gregory Isaacs - All I Have Is Love
B1 - Dennis Brown - Black Magic Woman
B2 - The Tidals - Put Thoose Fools
B3 - Al Campbell - When Spring Is Around
B4 - Horace Andy - Tag Along
B5 - The Tidals - What A Great Day


quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Derrick Morgan - In The Mood


Label: Magnet
Format: Vinyl, LP, Album 
Country: UK
Released: 1974
Genre: Reggae 
Style: Rocksteady, Reggae 

A1 - What a Something
A2 - Don't Blame The Man
A3 - Hey Little Girl
A4 - Seeing A Girl Is Not Knowing
A5 - My Snow Ball Baby
A6 - Never Gonna Give Up
B1 - Keep On Fooling Me
B2 - I Who Have Nothing
B3 - Tell Him I Am Not Home
B4 - King's Heart
B5 - Big Two
B6 - Still Around

Senha - jeff


sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

V.A - You & Me Inna Maranhão Style (Canuto Lion)


01 - Abertura - Jackie Brown - Wet Baggy
02 - The Starlights - Eiling In The Barn Yard (Version)
03 - Stanley Beckford - Soldering
04 - Rebel Lion - Wicked Babylon
05 - The Eagles - Rasta Pickney
06 - The Pioneers - A Hundred Pounds Of Clay
07 - Derrick Morgan - Send A Little Rain
08 - Brenton King - Josephine
09 - Wong Ping - Chinese Brush
10 - Hanley Banton - Dat
11 - Turnell McComarck And The Cordels - Three Card Man
12 - Ethiopians - Knowlegde Is Power
13 - Jackie Brown - Living In Sweet Jamaica
14 - Carl Dobson - Whoopin Mama
15 - Shorty The President - Rockers Tamborine
16 - Sidney Rogers - Another Lonely Night
17 - Keble Drummond - Your Pretty Face
18 - John Holt - Tree In The Meadow
19 - Delroy Wilson - I've Been in Love
20 - The Chosen Few - Chain Gang
21 - Flora Adams - Fire Fire
22 - Dell Williams - Searching For Your Love
23 - Gregory Isaacs - Heartaches
24 - Trevor Thompson - Just Out Of Reach
25 - Larry Marshall - Brand New Baby
26 - Elpedo Burke - Madgie
27 - Euda Jarret - You Hurt Me (BONUS TRACK)

Apenas tente imaginar: uma ilha negra, no meio do Atlântico, com reggae de domingo à domingo. Não, não é a Jamaica. Bom, me deixe contar uma historinha. Já é sabido que o reggae chegou ao Sudeste, de início, via grandes gravadoras que tinham alguns de seus tentáculos pelo Brasil. Já em 1980, quando mal se sabia o que era reggae em terras nossas, veio um sujeito chamado Bob Marley para eventos "diplomáticos" de promoção do selo alemão Ariola, dono da Island. Em seguida, vieram os pesquisadores que, tendo por base, principalmente, a Europa, trouxeram vários discos do que tocava por lá: o rub-a-dub. Até hoje há uma tradição fortissima do rub-a-dub em São Paulo: Don Carlos, Black Uhuru, Ini Kamoze, Twinkle Brothers, são a inspiração pra muitas das bandas e dj´s paulistas. (Hoje, porém, há um movimento significativo e promissor do rocksteady e early reggae, da qual a moçada desse blog faz parte).O fato é que no Maranhão a coisa aconteceu diferente. Na década de 70 pipocavam por São Luís diversas casas de "som mecânico", as discotecas, que tocavam, além da disco music, lambada e outros ritmos latinos. Como os lançamentos desses ritmos eram escassos por aqui, e a necessidade eminente de novidades, devido a concorrência, a única saída foi o contrabando via Cayena e Belém do Pará. Vieram caixas e caixas de discos caribenhos e assim, despretenciosamente, se iniciou uma história de mais de 30 anos com os LP´s jamaicanos que vieram na leva. No começo, não se sabia bem o que era aquilo, mas o publico dançou e aprovou. Por isso, o Norte/Nordeste do Brasil talvez seja o único lugar do mundo onde se dança reggae à dois, que, convenhamos, é bem melhor. As "radiolas", (à grosso modo, o sound system brasileiro) se multiplicaram. Em 30 anos, mais de 400 delas se espalharam só no Maranhão, junto, é claro, com centenas de djem que cada rua de certos bairros de São Luis tinha sua radiola, em muitos casos com os lendários paredões de som gigantescos. E o óbvio resultado: a concorrência monstruosa entre elas, que fez acontecer episódios tragicômicos, como a sabotagem de festas rivais, jogando-se um fio de cobre na fiação elétrica, por exemplo. Mas, o lado bom disso, é que muita gente foi obrigada pesquisar aquilo que havia de mais raro, aquilo que a concorrencia não tocava. Músicas que as gravadoras britânicas e mesmo os jamaicanos rejeitaram até hoje são sucessos absolutos. O cd "You & Me Inna Maranhão Style" tenta adentrar nesse universo das festas de radiola, tão vasto quanto desconhecido por muitos, trazendo algumas das centenas de músicas que fazem a história do reggae ludovicense. Entre risos e lágrimas, cada uma, em algum momento, fez milhares de pessoas enlouquecerem, fez com que comentassem no outro dia, com que esperassem ansiosamente a próxima festa, que são raras, como "Josephine", que chegou a ser comprada por 200 reais de um Dj para ser vendida em cd´s e fitas k-7. O difícil mesmo é tentar fazer um resumo dessa história de décadas ainda inacabada, mesmo com a decadência evidente das radiolas que, ainda devido a concorrência, passaram a fazer produções proprias com cantores amadores em ritmo digital. O que é certo, é que nesse tempo todo, o reggae no maranhão tornou-se riquissimo, dono de acervos espetaculares, e fez com que a boa música saisse da esfera de entretenimento de uma classe média letrada para ser a diversão de gente simples. Aí está um pequenino pedaço de tudo isso.Espero que gostem.


quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

R. Benjamin ‎- Moving On With


Label: Jobank Record
Format: Vinyl, LP, Album, Stereo
Country: Puerto Rico
Released: 19XX
Genre: Reggae 
Style: Roots, Soul, Funk 

Senha - jh


terça-feira, 26 de dezembro de 2017

David Lindley - El Rayo-X


Label: Asylum Records
Format: Vinyl, LP, Album 
Country: US
Released: 1981
Genre: Rock, Reggae, Latim, Folk, World, & Country 
Style: Cajun, Calypso, Rock & Roll


quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Ishan People - Ishan People


Label: GTR
Format: Vinyl, LP, Album
Country: Canada
Released: 1977
Genre: Reggae 


sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Gus White - The Time Is Just Right 


Label: WB Records
Format: Vinyl, LP, Album
Country: US
Released: 1983
Genre: Funk / Soul & Reggae
Style: Funk 


segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Eric Donaldson ‎- Where Are We Going To Hide


Label: EMI (Nigeria)
Format: Vinil, LP
Country: Nigeria 
Released: 1988
Genre: Reggae 
Style: Reggae 

Senha - raro